Como preparar uma pesquisa com o usuário para o seu negócio?

Saiba mais como utilizar a diversidade de tipos de pesquisa existentes para conduzir a pesquisa de usuário para aprofundar no problema que você tem paixão por resolver.


Afinal, por que as startups precisam fazer pesquisa?


Lembre-se: a startup é rodeada de incertezas:


“A startup é uma instituição humana projetada para criar um novo produto ou serviço sob condições de extrema incerteza”. - Eric Ries .The Lean Startup.

O ecossistema em que a startup está inserida possui incerteza sobre o produto, a cadeia de suprimentos, o segmento de clientes-alvo, o modelo de negócios e quase todos os outros aspectos do modelo de negócio.

Além disso, a pesquisa com usuários é estritamente necessária uma vez que toda startup precisa ter tem um entendimento íntimo das necessidades de seus clientes para realmente resolver uma dor real.


Conheça alguns tipos de pesquisa para você se inspirar


Técnicas de pesquisa primária


  1. Entrevista em Profundidade:

Conversas com usuários reais, levemente estruturadas, com os assuntos que serão abordados. No bate papo costuma conhecer profundamente o entrevistado. Informal. Preferencialmente presencial. Entrevistas para entender o que as pessoas pensam, fazem, suas atividades e experiências a partir de seus relatos em seu próprio ambiente.


Benefícios:

  • Criar empatia

  • Entrevistador pode adequar a entrevista de acordo com necessidades específicas do entrevistado

  • Alta quantidade de informações

  • Qualidade de insights

Cuidados:

  • Tente entender a perspectiva do usuário, não impor estruturas

  • Conversar e não questionar


2. Observação:

Observar e documentar contextos, incluindo pessoas, objetos, ambientes, eventos, comportamentos e interações. Observador acompanha a jornada do usuário, registrando as experiências dele.


Benefícios:

  • Criar empatia

  • Revela dificuldades não percebidas pelos usuários

  • Entendimento de forma exponencial

  • Gera insights e oportunidades inesperadas.



3. Shadowing ou Observação Guiada:

Quando aquele que pesquisa vira uma espécie de sombra do usuário, o qual sabe que está sendo observado. Um ponto de cuidado é que as pessoas podem se comportar de modo diferente quando elas sabem que estão sendo observadas. Shadowing é um método de observação que envolve acompanhar alguém em experiências reais do seu dia-a-dia. O pesquisador “segue” o participante, como uma “sombra”, acompanhando suas atividades e documentando com notas, fotos e vídeos.


Benefícios:

  • Ajuda o pesquisador a ganhar um profundo conhecimento das atividades dos usuários, processos de tomada de decisão e rotinas

  • Observação da realidade

  • Geração de evidências


Cuidados:

  • Participante pode não agir normalmente se souber que está sendo observado.

→ Ao observar uma pessoa, há a possibilidade de ter um entendimento muito mais amplo da experiência de determinada pessoa.


4. Utilização ou Consumidor Oculto

Ocorre quando o pesquisador se coloca no lugar do usuário vivenciando a utilização do produto ou do serviço. Observa como é a experiência da utilização de um produto ou serviço.


Benefícios:

  • Utilização do serviço

  • Não terceirização do olhar

  • Insights imediatos


Cuidados:

  • Pode tendenciar o pesquisador

  • Cuidado com os vieses


Como preparar uma pesquisa com usuários?


Planejamento:

Tenha objetivos claros:

  • O que você quer descobrir?