Empreendedorismo e Covid-19

A pandemia do novo coronavírus causou diversos efeitos na sociedade, tanto do ponto de vista da saúde, quanto na economia. Durante o período de isolamento social, muitos negócios não conseguiram sobreviver aos impactos causados pela Covid-19 e, infelizmente, fecharam suas portas. Mas se por um lado, muitas empresas faliram no período, a pandemia também “forçou” e motivou a adaptação dos negócios existentes, além da abertura de novas empresas.

O fato é que a nova realidade enfrentada pela sociedade fez florescer o empreendedorismo tanto por vocação, quanto por necessidade.




Mas como abrir um negócio pós Covid-19?

Quem deseja empreender em uma época desafiadora como essa e que, ao mesmo tempo, oferece uma série de oportunidades, sobretudo na área da saúde, deve observar alguns pontos:

Motivação: neste momento, há dois motivos para iniciar um empreendimento: amor ou dor. Com o elevado número de pessoas que perderam o emprego, empreender é uma saída natural, principalmente, a partir de 2021. Independentemente da motivação, é preciso estudar o setor.

Inspiração - para dar o primeiro passo é necessário buscar inspirações. Analise modelos de negócio no exterior e aqui no Brasil, identifique tendências e faça pesquisas antes de criar sua empresa.

Novos nichos: as mudanças provocadas pelo novo coronavírus fizeram surgir novas demandas, além de acelerar o crescimento de diversos modelos de negócio, como a telemedicina, entre outros nichos que têm perspectiva de contínua ascensão nos próximos anos.

Tecnologia: nos setores de saúde, educação, finanças e manufatura, a quarentena forçou as empresas a usarem a tecnologia para adaptar suas operações. Independentemente do tipo de negócio criado, a tecnologia deve estar inserida e ser constantemente avaliada na condução da empresa.



Qual será o legado da Covid-19 na saúde?


Em alguns casos, as mudanças tecnológicas inspiradas pela Covid-19 surgiram como forma de uma aceleração das tendências existentes, como a automação industrial e os pagamentos sem contato. Em outros casos, como realidade virtual, impressão 3D ou telessaúde, a crise pôde mudar o rumo do setor, permitindo que as empresas demonstrem um valor que, até agora, a sociedade não enxergava.

Tendências na área da saúde

Se você quer empreender na área da saúde, listamos algumas das principais tendências do setor para te ajudar:

  • Apesar das dificuldades do momento, felizmente a situação destacou o valor dos dados de saúde prontamente acessíveis.

  • Os serviços de teleterapia tendem a crescer, tendo em vista que mais pessoas adotam a prática regular de cuidar de sua saúde mental durante o curso da pandemia. Com isso, o setor tem expectativa de crescimento e valorização.

  • O financiamento para startups de saúde mental aumentou mais de 400% no primeiro trimestre de 2020, em comparação com o trimestre anterior, indicando que os investidores também preveem o crescimento do segmento.

  • Já para o mercado de tecnologia para telessaúde, é estimado uma movimentação de USD 43 bilhões, de acordo com o Consenso de Analistas da Indústria da CB Insights.

Independentemente do modelo de negócio escolhido, invista em conhecimento e pesquisa, pois esses fatores podem influenciar diretamente na sobrevivência e no crescimento de uma empresa.



Quer saber mais? Confira o painel: Empreendendo na era pós COVID - Como a Saúde impactará os modelos de negócio das empresas e startups brasileiras da Hackmed E-Conference, basta clicar aqui.




Neste painel, lideranças de diferentes setores discutem como a saúde impactará os modelos de negócio das empresas e startups brasileiras na era pós-COVID.


Com moderação de Bruno Pina, Chief of Innovation Experience do Distrito e co-fouder Hackmed;

E participação de:

- Patrícia Araújo, Diretora de RH LATAM no Mercado Livre;

- Daniel Greca, Líder de Healthcare na KPMG;

- Giovanni Cerri, Presidente do Conselho Diretor do Instituto de Radiologia (InRad) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e Presidente da Comissão de Inovação do HC;

- Bruno Pipponzi, Vice-Presidente de Health Business na Raia Drogasil.


Junte-se a nós e venha impactar positivamente o sistema de saúde do país.

Afinal, #somostodospacientes